Panteão Nórdico para D&D 3.5 – parte 1

ravens

A mitologia nórdica tem um bom nível de popularidade. É comum ver em filmes, desenhos e principalmente jogos referências a deuses como Thor, Odin e Hel. Para aqueles que já pensarem em usar essa mitologia em uma mesa de jogo e criar clérigos desses divindades, elas serão listadas a seguir junto com os dados importantes para o jogo, como domínios, arma favorita, etc. Vale lembrar que existem muitos outros deuses e deusas, além de outros seres divinos dessa mitologia e além disso algumas informações podem ser encontradas de modo diferente a depender da fonte. Em qualquer dúvida, vale a pena fazer uma busca por mais detalhes. Algumas adaptações foram feitas para levar em conta as criaturas e detalhes do cenário fantástico de D&D.

Aesir

Os Aesir são um dos grupos de divindades nórdicas. Moram em Asgard e são normalmente associados ao conhecimento, guerra, ar, fogo, divinação e dons mágicos. Dentre eles estão alguns dos deuses mais conhecidos como Odin, Thor e Loki. Houve uma guerra entre os Aesir e o segundo grupo, os Vanir, antigamente, porém essa guerra terminou com um armísticio no qual foram trocados reféns.

Odin, O Pai Supremo

Odin é um deus misterioso e de comportamento severo e sério. Considerado o pai dos deuses Aesir, Odin possui vários aspectos, entre eles o de sábio, viajante, buscador de conhecimento, guerreiro, condutor de almas e profeta. Costuma ser visto como um velho de longa barba e cabelos brancos, podendo portar uma armadura de batalha ou simples manto de viajante. Seus dois corvos Hugin e Munin, pensamento e memória respectivamente, voam pelo mundo e lhe trazem notícias sobre o que está acontecendo. Sua principal arma é Gungnir, uma lança longa que jamais erra o alvo.

Tendência: Neutro e Bom

Domínios: Ar, Conhecimento, Guerra, Magia e Viagem

Arma Favorita: Lança Longa

Símbolo: Valknut (Três triângulos entrelaçados)

Bragi, O Poeta

Bragi é considerado o padroeiro da poesia, música e compositores. Após casar-se com Idunna, Odin riscou runas na língua de Bragi e este tornou-se o poeta dos deuses. Sua função é recepcionar os guerreiros no Valhalla entoando canções e poesias sobre seus atos de bravura. Normalmente é representado por um homem idoso com uma harpa dourada.

Tendência: Leal e Bom

Domínios: Viagem, Bem e Sorte

Arma Favorita: Maça Leve

Símbolo: Harpa dourada

Baldur, O Brilhante

Baldur é o deus mais querido de Asgard, amado por todos os deuses e deusas. Normalmente representado como um jovem loiro e de olhos azuis, Baldur irradiava luz, paz e felicidade por onde passava. Considerado por alguns um deus solar ou da fertilidade, Baldur foi morto devido aos truques de Loki e agora jaz no reino de Nifelhel.

Tendência: Leal e Bom

Domínios: Bem, Ordem, Proteção e Sol

Arma Favorita: Espada Curta

Símbolo: Uma gema brilhante

Forseti, O Justo

Forseti é o deus responsável pelos tribunais e pela justiça. Filho de Balder e Nanna, é representado como um jovem loiro e gentil, semelhante a seu pai. Suas decisões sempre foram corretas.

Tendência: Leal e Neutro

Domínios: Ordem, Proteção e Bem

Arma Favorita: Espada Longa

Símbolo: Uma balança

Frigga, A Amada

Frigga é a deusa-mãe de Asgard. Esposa de Odin, É a deusa da fertilidade, união, amor, família, mães e donas-de-casa. Normalmente representada como uma mulher madura, alta e bonita com cabelos prateados e roupas brancas ou azuis.

Tendência: Neutra e Boa

Domínios: Proteção, Conhecimento, Ar e Cura

Arma Favorita: Foice Curta

Símbolo: Conjunto de chaves

Heimdall, O Deus Branco da Luz

Heimdall é o deus guardião de Asgard, permanecendo sempre vigilante na ponte do arco-íris Bifrost. Portador de visão e audição extremamente aguçadas, Heimdall era capaz de ver todos os mundos e escutar a grama crescer. Normalmente representado como um homem alto e forte, portando uma espada e usando roupas brancas.

Tendência: Leal e Bom

Domínios: Proteção, Força e Ar

Arma Favorita: Espada Larga

Símbolo: Gjallarhorn (Uma corneta em forma de chifre)

Idunna, A Guardiã das Maçãs Encantadas

Idunna é considerada deusa da primavera e juventude. Era é responsável pelas maçãs douradas da juventude e as distribuía diariamente entre os deuses. Essas maçãs conferiam aquele que ingerisse a imortalidade e vigor dos deuses. Representada como uma jovem bonita, ingênua e doce.

Tendência: Leal e Boa

Domínios: Cura, Bem, Água e Plantas

Arma Favorita: Maça Leve

Símbolo: Maçã Dourada

Nos próximos dois posts, irei falar sobre os deuses Aesir restantes, os Vanir e outros que não se encaixam nessas categorias.

Caio “Tyghorn” Victor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s